quinta-feira, 30 de maio de 2019

Contar histórias nos JI

Desta vez, foi o Trincas, o  MONSTRO DO LIVRO, que estamos a levar aos mais pequenos, juntamente com duas artistas, um pouco maiores, que alegram os últimos momentos com músicas tradicionais portuguesas.
JI de Barroncal e JI de Viariz, como habitualmente, receberam-nos muito bem. Contamos ir, brevemente, aos outros JI.

Menção Honrosa - Ana Borges - 8.ºC

Entre 15.152 trabalhos que a Caminho recebeu, a nossa aluna do 8.ºC, Ana Catarina Pinto Borges, recebeu uma Menção Honrosa, na modalidade de Texto Original com o texto "É pirata!? Sem perna de pau e pala no olho?", no Concurso Uma aventura Literária... 2019.



A seguir, transcreve-se o início da história, porque se tiverem curiosidade podem lê-la no nosso Corrupio da Escrita VI, em https://pt.calameo.com/read/003417240fd582b040540



terça-feira, 28 de maio de 2019

Uma das 7 Maravilhas de Portugal pode ser… o Rio Teixeira


 No passado dia 20 de maio, os alunos do 5.º ano do nosso agrupamento deslocaram-se a um local maravilhoso e encantado. A aldeia da Teixeira, anteriormente denominada por Vila, possui um valor patrimonial cultural aos níveis de monumentos e história que remonta aos séculos XVI a XIX. Entre a riqueza da flora e fauna, encontramos a vida calma dos habitantes, cerca de 595 pessoas, dados de 2011.
Ao nível de monumentos, descobrimos o Pelourinho de Rua, Capela de Senhora do Socorro; Capela da Senhora dos Remédios; Senhora da Serra do Marão; Minas do Teixo e Igreja de Matriz de São Pedro.
Por entre o trilho, umas vezes mais ou menos sinuoso, todos os alunos foram ouvindo e escutando explicações culturais e naturais. Várias sensações foram sentidas.
O momento mais apreciado pelos alunos foi a caminhada junto ao Rio Teixeira, cujo nome deriva da planta Teixo, planta que nos foi transmitida como sendo muito venenosa, mas com alguns poderes curativos.
Muitas fotografias foram captadas e reconheceram-se plantas já estudadas e outras que não haviam falado. A Digitalis purpurea L., vulgarmente chamada dedaleira, foi muito comentada pelos alunos e foi-lhes explicado que é, atualmente, uma espécie protegida.
Ao nível do relevo, foi visualizada a montanha da Serra do Marão que confronta com o distrito de Vila Real e cidade de Amarante. 
Os alunos divertiram-se muito e ficaram mais sabedores cultura e academicamente. Esta visita / caminhada foi uma atividade planeada no âmbito do Projeto de autonomia e Flexibilidade Curricular que envolveu as áreas de HGP, Ciências Naturais; Matemática, Inglês, Educação Tecnológica e Visual e Português.

Alunos das turmas A, B, e C  do 

domingo, 26 de maio de 2019

10.º aniversário da BE


quinta-feira, 16 de maio de 2019

Histórias contadas na BE

A professora Susana Aleixo tem por hábito utilizar o espaço da BE para contar histórias em inglês aos seus alunos. A exposição é totalmente da autoria destes.

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Campanha "Limpeza da escola"

Todas as turmas, coordenadas pelos respetivos diretores de turma, estão empenhadas em manter a escola MAIS LIMPA.
Então, não se fizeram de rogadas e puseram "as mãos na massa". Este foi o resultado de uma das turmas.



segunda-feira, 6 de maio de 2019

A Velha e o Garrafão - Clube de Teatro EPAKCENA na FELIBA

A Velha e o Garrafão, conto recolhido por António Mota, adaptado por Fátima Almeida e ensaiado por Sónia Teixeira.

O Clube de Teatro EPAKCENA foi convidado para participar na FELIBA de Baião que comemora 40 anos de vida literária de António Mota, 40 anos de 1.ª edição de "Fanny Owen" de Agustina Bessa-Luís e 110 de nascimento de Soeiro Pereira Gomes.

Foi uma corrida de rally para poder apanhar o talento destes jovens que tanto fazem pelo teatro, pelo clube, por nós que os acolhemos e sentimos que gostaríamos, na idade deles, ser assim.
Texto: Sónia Teixeira

O vídeo da apresentação da peça pode ser visto em