segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Dia Nacional da Biblioteca Escolar

Tarantini veio e venceu…
Num dia muito especial, Dia Nacional das Bibliotecas Escolares, tivemos como convidado, também ele muito especial, o capitão do Rio Ave. Ricardo Monteiro, conhecido por Tarantini, jogador do Rio Ave, nasceu em Gestaçô, foi aluno desta escola e, hoje, recordou o seu tempo de estudante, como ele escreveu no seu testemunho “É fantástico voltar à escola que me fez crescer…”.
Tarantini é um daqueles exemplos bons: desportista, simpático, e prima, acima de tudo, pela simplicidade.
Numa palestra de 40 minutos, Ricardo deu-se a conhecer e transmitiu valores que, certamente, ficarão para sempre na memória dos nossos alunos. A Biblioteca encheu-se de alunos ávidos para o verem, mas, também, para o ouvirem e a mensagem que deixou não poderia ter sido melhor - Estudar sempre: antes e durante. Os estudos, na sua opinião, podem ser acompanhados de outras tarefas/trabalhos. Reforçou, ainda, que sem persistência, sem força de vontade, não alcançaremos os objetivos, as metas a que temos de nos propor.




.
Alguns reconheciam-no do futebol, mas outros diziam ser da família. A paciência de Ricardo não teve limites. Depois da palestra, Ricardo envolveu-se num jogo entre alunos do clube de futsal que não o pouparam por ser quem era. Jogaram à séria e esperaram que ele correspondesse da mesma forma, porque, na opinião dos nossos alunos, um jogo de futebol que se preze, nunca é a brincar. O ginásio ficou apinhado de alunos que apupavam ou aplaudiam sempre que alguma situação assim o exigia.

Tarantini e seu pai almoçaram, ainda, na cantina da escola, sempre rodeados por alunos que não deixaram escapar uma oportunidade para tirarem uma foto ou para conseguirem um autógrafo, o que nunca foi difícil, desde a sua chegada à escola, pois Ricardo, na sua paciência sem limites, não deixou ninguém sem um sorriso, sem um autógrafo ou sem uma foto.

Sem comentários:

Enviar um comentário